Últimos posts por Sergio Telles

Sobre o filme JE SUIS KARL, de Christian Schwochow – de Sérgio Telles

Resenha do filme “Je suis Karl” no Netflix (*) Sérgio Telles O filme ”Je suis Karl”, de Christian Schwochow, embora um tanto esquemático, é uma boa representação do ressurgimento da direita radical que vivemos atualmente. A ação se passa numa Alemanha assustada com as ondas migratórias, principalmente as muçulmanas, que

Aspectos do Negacionismo no mal-estar de hoje, de Sérgio Telles

ASPECTOS DO NEGACIONISMO NO MAL-ESTAR DE HOJE (*) Sérgio Telles É verdade que o mal-estar é estrutural, decorre da necessidade de reprimir as pulsões sexuais e agressivas, para que seja possível nossa convivência em comunidade, como Freud dissecou em sua grande obra “O mal-estar na cultura”. É um tema vasto

Uma biografia da depressão, de Christian Dunker – de Sérgio Telles

Uma biografia da depressão, de Christian Dunker (*) Sérgio Telles Christian Dunker – conhecido psicanalista, professor titular do Instituto de Psicologia da USP e presença na mídia – organiza de forma criativa essa abrangente história da depressão ao dispô-la como uma biografia com episódios intitulados de forma sugestiva, que atiçam

Sobre dois ensaios de Peter Handke, de Sérgio Telles

Sobre dois ensaios de Peter Handke (*) Sérgio Telles A outorga do Nobel de Literatura do ano passado ao austríaco Peter Handke suscitou polêmicas dado seu apoio a Milosevic Slobodan, o presidente sérvio acusado de genocídio na Bósnia, Croácia e Kosovo. A obra de Handke inclui roteiros de cinema, peças

“Casos difíceis” – “difíceis” como?, para quem? – de Sérgio Telles

“Casos difíceis” – “difíceis” como, para quem? Participação numa live do CEP (Centro de Estudos Psicanalíticos) de São Paulo, em 07/08/2020 Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=ZXPIDTA2ZHI Sérgio Telles Todos os casos são complexos e exigem do analista seu empenho e comprometimento ético, mas há alguns que são especialmente trabalhosos, os “casos difíceis”.