Psicanálise por Sergio Telles

Uma nova biografia de Derrida, de Paul Salmon

Uma nova biografia de Jacques Derrida (*) Sérgio Telles Jacques Derrida, filósofo judeu franco-argelino vitimado em 2004 aos 74 anos por um câncer de pâncreas, tem uma obra imensa e facetada, na qual faz uso do procedimento por ele criado e largamente disseminado com o nome de “desconstrução”. Não são

Política e Melancolia – Sérgio Telles

Política e melancolia (*) Sérgio Telles Quando perdemos um ente querido, impõe-se um trabalho de luto. Nesse processo, é necessário reconhecer a depressão que a perda provoca e ir aos poucos transferindo para outras pessoas os sentimentos antes investidos naquele que se foi, ao mesmo tempo em que se guarda

“mãe!”, de Darren Aronofsky

“Mãe!”, de Darren Aronofsky Sérgio Telles O espectador sente um crescente incômodo durante a exibição de “Mãe!” (2017), último filme do premiado diretor Darren Aronofsky, autor do bem-sucedido “Cisne Negro” (2010). Talvez por não conseguir enquadrá-lo de imediato em nenhuma das categorias às quais está habituado. Seria esse um filme

Observações sobre Ética em Psicanálise – Sérgio Telles

Observações sobre ética em psicanálise (*) Sérgio Telles 1 – ASPECTOS GERAIS O dicionário Caldas Aulete dá a seguinte definição de ética: 1) Parte da filosofia que trata das questões e dos preceitos que se relacionam aos valores morais e à conduta humana; 2) conjunto de princípios, normas e regras

O Google, o terapeuta e o paciente

O Google, o terapeuta e o paciente Sérgio Telles Recentemente o jornal londrino The Guardian publicou um artigo sobre o uso do Google por parte de pacientes em busca de informação sobre seus psicoterapeutas e vice-versa – terapeutas que pesquisam nos buscadores da internet informações disponíveis na rede sobre seus

Sobre o filme “O estudante” (2015), de Kiril Serebrennikov

“O estudante” (2015), de Kirill Serebrennikov Sérgio Telles Indicado para o prêmio “Un Certain Regard” de Cannes em 2016, o filme russo “O estudante”, de Kiril Serebrennikov, baseia-se na peça “Martyr” do alemão Marius von Mayenburg. O título em russo “(M)Uchenik” é um trocadilho, pois “Muchenik” significa “mártir” e “Uchenik”

Sobre o filme “Francofonia” de Alexander Sokurov

Sobre o filme “Francofonia” de Alexander Sokurov Sérgio Telles O extraordinário filme “Francofonia”, de Alexander Sokurov reflete sobre o Louvre, a arte, o poder, o papel dos museus. O pano de fundo do filme é o episódio real ocorrido em 1940 na Paris ocupada pelos alemães, quando o funcionário francês