Atualidades por Sergio Telles

Canibalismo

Canibalismo (*) Sérgio Telles Tempos atrás, presenciei um sobrinho de dois anos e meio apontar para a barriga grávida de sete meses de sua tia e dizer num tom de raivosa censura: “Pensa que eu não sei?!… Você comeu o seu filho!!!” Todos rimos com sua tirada e ele saiu

Terapia Facebook

Terapia Facebook – considerações sobre a morte Sérgio Telles Doenças graves e morte são temas desaprovados no trato social. Não é difícil entender o porquê. Elas atacam diretamente nosso narcisismo ao romperem com as fantasias de onipotência e invulnerabilidade, escancarando o desamparo e apontando de forma muito concreta para aquilo

O inconsciente universal – sobre roubo de sêmen e pênis

O inconsciente universal – sobre roubo de sêmen e de pênis Sérgio Telles Recentemente foi noticiado que, no Zimbábue, uma gangue de mulheres atua por todo o país sequestrando homens com o objetivo de lhes roubar o sêmen, que seria usado em rituais de magia ou vendido em outros países.

Trotando no Ibirapuera

Trotando no Ibirapuera (*) Sérgio Telles Estava caminhando pelo Ibirapuera, hábito que há muito cultivo com incerta assiduidade, quando fui atubibado mais uma vez por uma familiar indagação. Um parêntese. O “atubibado” emergiu agora inesperadamente, vindo da longínqua infância em Fortaleza. Esquecida por tanto tempo no fundo de alguma gaveta

O PSICANALISTA LÊ O JORNAL

A) NICÉIA PITA, O ESCÂNDALO DA PREFEITURA (todos os jornais) As declarações de Nicéia Pitta, ou “Nicéia Puta” – como um vereador a chamou numa sessão na Câmara, num chiste proposital consciente ou num ato falho inconsciente – permitem algumas reflexões. Na esfera pessoal, vemos Nicéia tomada pelo ódio vingativo,

O PSICANALISTA LÊ (um tanto apressado) O JORNAL

1) CASO ELIAN Quatro grandes escritores latino-americanos escreveram pequenas peças frente ao calvário do menino Elian. Foram Gabriel Garcia Marques, Carlos Fuentes, Cabrera Infante e Mario Vargas Llosa. Dos quatro, apenas Garcia Marques defende Fidel, endossando a versão oficial de Cuba sobre os fatos. A verdade é que o BUENA VISTA

O psicanalista lê o jornal

Altos interesses comerciais e a psiquiatria Na linguagem lacaniana, o real é inacessível, e a realidade é o produto resultante da rede simbólica e imaginária jogada sobre o real. * O jornal Valor, do dia 8/5/00, em artigo intitulado “A Síndrome da nova economia”, fala do burnout , “síndrome responsável

O Psicanalista lê o jornal

A – “Toda a tripulação está morta” –”Dor dá lugar à revolta contra autoridades” – OESP – 22/8/00 – A12 e A13. Sendo a finalidade precípua de um submarino o desempenho bélico em missões de espionagem e suporte de poderosos armamentos, a tragédia russa nos faz pensar imediatamene na insânia

Alô, alô, Realengo

O trauma é um acontecimento de tal intensidade que desorganiza o psiquismo, sendo necessário um longo e paciente trabalho para integrá-lo e neutralizar sua força desagregadora que paralisa o pensamento, impedindo o exame adequado de suas conseqüências. Uma das formas de elaborar o trauma é colocá-lo em palavras, representá-lo, simbolizá-lo,

O rei tartamudo e as estrelas

Centrado num episódio – a transmissão radiofônica para o império britânico da fala de George VI num importante momento histórico – “O Discurso do Rei”, premiado filme de Tom Hooper, estabelece um paralelo entre a guerra pessoal do rei contra sua gagueira e a grande guerra mundial que se armava.

Desafiando o intransponível – Lea T, a moda e as diferenças sexuais

Como tem sido noticiado, Lea T, o transexual brasileiro filho do jogador de futebol Toninho Cereso que se encontra no Brasil para participar dos eventos proporcionados pela indústria da moda, foi recentemente escolhido pela Maison Givenchy para estrelar uma de suas mais importantes campanhas promocionais. Mais ainda, Lea T acaba

Tributo a Michael Jackson

No final dos anos 80, circularam fortes rumores que Michael Jackson pretendia comprar o esqueleto do Homem Elefante, que estava então sob a guarda do Royal London Hospital. Numa famosa entrevista a Oprah Winfrey algum tempo depois, Michael Jackson desmentiu tal compra, apesar de afirmar que se identificara muito com